LOAS Autismo (BPC) – Benefício INSS para autistas

7 minutos para ler
e-book gratuito - direitos do autistaPowered by Rock Convert

Muita gente acha que o benefício do INSS para pessoas com autismo (BPC/LOAS) é uma aposentadoria. Não é bem isso.

O INSS tem um benefício chamado BPC / LOAS (Benefício de Prestação Continuada/Lei Orgânica da Assistência Social). Ele garante 1 salário mínimo por mês para a pessoa com deficiência (incluindo autismo) ou idoso (+65 anos) de baixa renda.

Parece complicado, mas com as nossas dicas você verá que é possível fazer isso. E mais, sem precisar contratar nenhum profissional para isso.

Esse benefício não dá direito ao 13º salário, diferente da aposentadoria.

Quem já recebe qualquer tipo de beneficio do INSS como aposentadoria ou pensão não tem direito ao BPC / LOAS.

Quem tem direito ao benefício?

Claro que a pessoa com TEA (autismo) já precisa ter o RG e CPF, que pode ser tirado gratuitamente. Sendo assim, se quiser saber mais sobre isso, clique aqui.

Não esqueça de sempre ter um laudo médico atualizado do portador de TEA. Portanto, recomendamos um laudo semestral ou no máximo anual.

Um requisito muito importante para conseguir o BPC/LOAS é a renda mensal familiar. Ela não pode passar de ¼ do salário mínimo per capta, isso é, por pessoa que mora na mesma casa. Vou dar um exemplo para ficar mais fácil.

Considerando que o salário mínimo em 2019 é de R$ 998,00 para conseguir o BPC / LOAS a renda por pessoa da família não pode ser superior a R$ 249,50 por mês.

Por exemplo:

Em uma casa vivem 4 pessoas e somente 1 está registrada com R$ 1.400,00. Pegamos os 1.400 e dividimos por 4 (numero de pessoas que vivem juntas). Temos então o valor de R$ 350,00 que é maior que os R$ 249,50. Por conta disso, nesse caso não é possível receber o BPC / LOAS.

Em uma casa vivem 6 pessoas e somente 1 está registrada com R$ 1.400,00. Pegamos os 1.400 e dividimos por 6 (número de pessoas que vivem juntas). Temos o valor de R$ 233,33 que é menor que os R$ 249,50. Nesse caso, será possível receber o BPC / LOAS.

É muito importante saber que valores recebidos de programas para famílias de baixa renda, como bolsa família e mesmo outro BPC / LOAS não entram no cálculo da renda per capta.

Finalmente, lembramos que quando solicitamos o benefício, podemos receber a visita de um assistente social no endereço da pessoa com TEA.

Faça o download deste post inserindo seu e-mail abaixo

Não se preocupe, não fazemos spam.
Powered by Rock Convert

Solicitando o benefício loas para autismo

Se a pessoa com autismo não recebe outro benefício, se a família tem renda per capta (por pessoa) menor que ¼ do salário mínimo, você pode agendar esse benefício diretamente com o INSS através do número 135.

Também pode ser agendado através desse link.

Normalmente demora um pouquinho, vai depender do movimento do posto do INSS da sua região. Não se preocupe, pois quando o benefício for concedido, você receberá o valor acumulado desde a data do agendamento.

Você precisará preencher o requerimento do BPC / LOAS com os dados da pessoa com autismo e composição do grupo familiar. O funcionário do INSS irá preencher isso para você, fique tranquilo.

Leve sempre o documento original e uma xerox simples (não precisa levar xerox autenticada) de RG, CPF, comprovante de residência e laudo médico da pessoa com TEA (de preferência da rede pública de saúde), além do seu RG e CPF que comprove o grau de parentesco com o portador de autismo (pai, mãe ou responsável legal). Pode ser que agendem uma perícia médica. Se isso acontecer, não se preocupe, compareça levando a pessoa com TEA e leve toda documentação que possuir (exames, laudos, encaminhamentos, receitas etc).

Alguém pode me representar?

Caso você não possa comparecer, pode ser representado por um procurador. Colocamos o modelo da procuração que precisa ter firma reconhecida, é só clicar e baixar gratuitamente.

Acredite, você consegue fazer isso sozinho, mas se quiser, temos profissionais capacitados que podem fazer isso por você. Caso queira contratar um profissional entre em contato conosco através do e-mail contato@autismolegal.com.br .

Para saber mais detalhes sobre o BPC / LOAS, clique aqui.

O INSS exige que a pessoa que solicita o beneficio já esteja cadastrado no Cadastro Único para Programas Sociais do Governo Federal. Se você ainda não está cadastrado, clique aqui e explicaremos melhor.

Se seus dados no Cadastro Único estiverem diferentes dos informados ao INSS, seu benefício pode ser negado, portanto, compareça ao CRAS mais próximo da sua casa e atualize tudo, pois o INSS confere seus dados com o seu Cadastro Único.

E se a renda for superior ao permitido?

Por outro lado, e se a minha renda é superior a ¼ do salário mínimo, mas as despesas comprovadas do meu filho são muito altas e vivemos de uma forma muito simples? Existe uma possibilidade muito interessante.

Você pode entrar com um processo no Juizado Especial Federal. Não é necessário advogado para isso, o que significa uma economia muito grande.

Primeiro de tudo, você precisa pedir o BPC / LOAS ao INSS normalmente.

O INSS vai negar o BPC / LOAS para quem tem renda superior a ¼ do salário mínimo por pessoa e você irá receber uma carta de indeferimento do benefício.

Em seguida, com essa carta fornecida pelo INSS você pode comparecer a Vara Federal Especial da sua região e dar entrada no pedido judicial do benefício.

Os juízes têm concedido o benefício judicial e você receberá desde a data que você deu entrada no INSS, mas para isso você precisa comprovar sua necessidade.

Leve ao juizado especial federal, os comprovantes de renda de toda sua família (pessoas que moram na mesma casa que você) e principalmente todas as despesas da família, onde comprove que vocês não têm renda compatível com as despesas geradas pela pessoa com autismo.

Não esqueça de apresentar o laudo do seu filho, comprovando o autismo.

Certamente será determinada a visita de um assistente social que irá confirmar as informações que você irá prestar, portanto, não minta!

Entretanto, benefício pode ser vitalício, desde que a situação financeira do grupo familiar não mude. Só não esqueça de fazer a prova de vida, sempre que solicitado.

Quanto tempo isso leva?

Enfim, todo o processo, desde dar entrada no INSS, ser indeferido, dar entrada no juizado especial cível e ter o julgamento é claro que demora um pouco. Com disposição e força de vontade você consegue fazer tudo sem precisar gastar nada com advogado. Não temos como prever o quanto isso irá demorar. Vai depender de vários fatores, principalmente em qual juizado o processo irá “correr”, a quantidade de processos, época etc.

Em São Paulo, capital, o Juizado Especial Federal fica na Avenida Paulista 1345, telefone 2927-0150. 0 atendimento é das 09:00 as 14:00.

Se quiser ter acesso a legislação que estabelece que a pessoa com TEA é considerada pessoa com deficiência para todos os efeitos legais clique aqui.

Leia mais:

Medicação gratuita para autistas
Compra de veículos com isenção
Limites de sessões de terapias nos convênios médicos
Declaração de Imposto de Renda
Saque de FGTS para tratamento do autismo

Posts relacionados

287 thoughts on “LOAS Autismo (BPC) – Benefício INSS para autistas

          1. Oi, eu moro em São Gonçalo mais o médico que me deu o laudo do meu filho é de Maricá, tem algum problema na hora de dar entrada no INSS daqui de São Gonçalo?

    1. Olá Boa noite! Surgiu outra dúvida dei entrada no INSS meu filho é autista, já tem mais de um mês, será que antes de vim a resposta do INSS eu terei uma visita de um assistente social? Esse assistente seria do INSS ou do CRAS? Obrigado mais uma vez.

        1. Boa noite! Obrigado pelas informaçoes. Me tira uma dúvida. Caso a renda seja a mais do permitido, a criança possua convenio medico empresarial. Mais mesmo assim possui gastos com passagens para consultas, exames. Teria direito ao loas?

        2. Boa noite !!!Sou mãe de autista grau leve …Estou me separando e meu ex marido está pagando uma pensão de 300 reais a minha filha autista e estou desempregada ,moro nos fundos do quintal da minha mãe em uma casa separada da dela ,ela trabalha a minha mãe mas não me ajuda em nada estou vivendo somente dessa pensão com minha filha autista ,sera se eu der entrada posso ter o benefício negado, por morar no mesmo quintal que minha mãe?

  1. Realmente eu acho que independente da renda famíliar poderia ser concedido o beneficio ao portador com tea.
    Acho que é um direito dele individual.

    1. Até concordamos com isso, mas a lei não é assim. Mas, como falamos no artigo, mesmo pessoas que tem renda superior conseguem em juízo o auxílio. Leia a parte final do artigo e se for o caso, solicite em juízo.. não custa nada tentar.

      1. Olá boa noite,meu esposo trabalha como pss (processo seletivo simplificado) para o estado, logo não há registro em carteira apenas um contrato, só ele está trabalhando em casa,somos em 4 , salário 1.600 reais, será que eles conseguem essa informação mesmo sem contar na carteira de trabalho?

        1. Se há algum recolhimento de INSS ou FGTS o governo já tem a informacao da sua renda.
          Mas para quem está acima do limite há a possibilidade de conseguir em juizo, desde que comprovada a situacao de miserabilidade.

    2. O NOME CERTO DO BENEFICIO QUE DA DIREITO AO DEFICIENTE AO QUAL SE REFEREM E B.P.C(BENEFICIO DE PRESTACAO CONTINUADA) QUE ESTA CONTIDO NA LEI DA ASSISTENCIA SOCIAL;LOAS E O CONJUNTO DE LEIS QUE REGEM A ASSISTENCIA SOCIAL.
      ELE SE CHAMA B.P.C E NAO LOAS,COM VOCES DIZEM.
      Benefício de Prestação Continuada – BPC/LOAS e suas Atualidades, segundo a Lei 13.301/2016 e o Decreto 8.805/2016. RESUMO: Benefício de Prestação Continuada da Assistência Social – BPC-LOAS ao idoso e à pessoa com deficiência, como é conhecido. Foi criado na Lei 8.742/93- Lei Orgânica da Assistência -LOAS.

      1. Boa noite
        Obrigada pela sua contribuição.
        Como você pôde ver, usamos ao longo de todo o artigo os nomes BPC/LOAS.
        Nem todas as pessoas são esclarecidas como você.
        Alguns só conhecem como BPC, outros como LOAS.
        Se se utilizarmos um único nome, muitas não chegariam as informações que disponibilizamos de forma tão clara e simples.
        O objetivo da nossa página é levar informações legais e práticas para que as pessoas já tão prejudicadas pela deficiência de seus filhos, possam ter acesso aos direitos que a Lei lhes garante.
        Se tiver mais alguma contribuição a fazer, entre em contato novamente.
        Conte sempre conosco.

        1. 👏👏👏👏👏👏parabéns por todos os esclarecimentos, fantástico👏👏👏bom saber que a criança com TEA tem esse direito, estou tendo muitas informações aqui, que me ajudam muito.
          Gratidão🙏

        2. Nossa muito obrigado pelas informações voce não tem ideia de quanto nos ajudou meu filho e autista, vc sabe me dizer Depois que entra com o pedido no INSS quanto tempo demora normalmente dar uma resposta? Obrigado mais uma vez Deus abençoe.

          1. Ficamos muito felizes em ajudar.
            Não temos como dizer sobre prazo, depende muito do volume de processos no posto que vc deu entrada, quantidade de funcionários, número de peritos, etc.
            Recomendamos que ligue semanalmente no 135 do INSS e vá 1 x por mes ao posto onde seu processo corre pra saber sobre o andamento.

      1. Boa noite
        Poderia sim. Acredito que ajudaria muito mais famílias, mas a Lei Orgânica foi criada para proteger e dar subsistência para pessoas idosas e deficientes de baixa (baixíssima) renda.
        Leia nosso artigo até o final, pois explicamos que é possível conseguir o BPC/LOAS mesmo com uma renda superior a 1/4 do salário mínimo.
        Conte sempre conosco.

        1. Pois é minha renda é de 350.00 quatro pessoas eu e os meus três filhos essa renda é de um benefício social meu filho de 7 anos é autista considerado grau leve mais mesmo assim precisa fazer exames consultas vitaminas que ele precisa tomar ele é seletivo na alimentação etc…
          E mesmo assim com o laudo pegaram alegando que ele não tem características para receber o bpc…

          1. Olá
            Dê entrada em juízo, o valor ultrapassou em pouco o limite do INSS.
            Junte todas as despesas necessárias com seu filho, laudo médico com detalhes, receita médica, etc.
            Se o perfil econômico da família não mudou, em juízo vocês vão conseguir o benefício.
            Conte sempre conosco.

        2. Boa noite gostaria de uma orientação meu filho tem autismo leve e tem 1ano qui dei entrada no benefício e agora que fizemos a primeira pericia e foi aprovado mas até o momento não fez a liberação do benefício já tem 20dias

          1. Demora um pouquinho mesmo para a carta de concessão ser expedida, mas você pode acessar pelo MEU INSS.
            Assim que estiver tudo liberado, já aparece no site ou ligue para o 135 semanalmente.

    1. Não existe uma carteira que comprove que a pessoa tem autismo. Existem carteirinhas que são emitidas para acesso ao transporte, vaga especial etc. Para utilização de meia entrada ou outros benefícios, sugerimos que mantenha em mãos sempre uma cópia atualizada do laudo médico.

  2. Meu filho tem autismo leve e o pedido do loas foi indeferido por conta que o INSS falou que ele não atende os critérios para ter o benefício e a minha renda e bem mais baixa do que o permitido e até agora estou sem entender nada…

    1. Verifique se o INSS informa na carta de indeferimento o motivo da negatória. Confirme o motivo e verifique se consegue atender ao requisito. Caso necessário, pegue a carta deles e o laudo confirmando que ele tem autismo, e faça o pedido em juízo. Se for comprovado que ele está no espectro, o juiz dará o benefício e o direito ao acumulado.

        1. Olá
          Não é uma questão de ter direito, é uma necessidade.
          De tempos em tempos é necessário confirmar a situação de deficiente do beneficiário.
          Quando o laudo precisar ser atualizado, você será informado pelo INSS (quando for sacar o benefício ou por correio)
          Conte sempre conosco

  3. Gostei muito do esclaresimento gostaria de saber meu filho ja resebe mais na carta esta esquito e ele resebera por 2 ano e depois seraque ele vai para de reseber

    1. Eles pedem um recadastramento de 2 em 2 anos. Se as condições de renda se mantiverem dentro dos limites estabelecidos, o benefício é renovado, não se preocupe.

        1. Olá
          Você vai pegar a quantidade de pessoas que moram na mesma casa que você (por exemplo: se for vc, marido e 3 filhos, seriam 5 pessoas)
          Você pega o valor que vocês tem de renda em casa (por exemplo: se somente seu marido trabalha e recebe 1 salário mínimo, seria R$ 998,00)
          Agora pega a renda R$ 998,00 e divide pelo numero de pessoas 5, 998 dividido por 5, dá 199,60 (essa é a renda per capta)
          Se essa renda for de até 249,50 seu filho com autismo pode receber o benefício.
          Se o valor for acima disso, provavelmente seja negado.
          Compareça ao CRAS mais próximo da sua casa, atualize o cadastro da sua família e lá eles farão esse cálculo para você.
          Conte sempre conosco

  4. Tenho gêmeos e os dois são autista o INSS negou um benefício alegando que só pagaria para um mas não consigo trabalhar com os dois como devo proceder.

    1. Olá Aline. Pegue a carta de negatória que o INSS lhe deu, e dê entrada no processo legal. O benefício de um não impede que o outro receba também.

    2. Por favor me ajude. Tenho 1 filho com autismo e o outro filho com esquizofrenia. Sô um tem i benefício. O que tem esquizofrenia tem 19anos. Mas alucina e delira muito, não consegue estudar nem trabalhar, ao todo são 5 filhos e sou viuva. Só sobrevivemos do bpc. Não tenho outra renda. Será que consigo o bpc pra ele?

      1. Olá
        A esquizofrenia é considerada uma doença mental, portanto, se vocês não tem nenhuma renda, poderia sim ter direito ao BPC/LOAS.
        Receber o benefício do filho com autismo não interfere na concessão de um novo benefício, pois o valor do BPC não entra no cálculo de renda per capta.
        Dê entrada no benefício do seu outro filho e se o INSS negar, você pode solicitar esse benefício em juízo.
        Conte sempre conosco

        1. Meu filho é f84.0 qual é esse grau porque eles falam se for nível leve não consigo meu filho não entendi nada fala coisa com coisa e tem TDAH também será que com esse Cid consigo o benefício pra ele desde já agradeço

    1. O benefício é de 1 salário mínimo (integral). O “1/4” é o valor máximo de renda POR PESSOA que a família precisa ter para que o benefício seja concedido. Porém, é possível solicitar em juízo o benefício, provando que a renda (mesmo superior a 1/4 de salário por cabeça) seja insuficiente para os custos (sempre altos) que se tem com o tratamento.

  5. Vcs estão de parabéns explicam super bem e realmente tiram as nossas dúvidas. O meu filho não teme RG, no caso dele e obrigatório tirar pois ele só tem 2 anos e 8 meses.

    1. Olá Heloísa. Sim, para qualquer benefício você precisará do RG e CPF. Provavelmente o CPF ele já tenha (está na certidão de nascimento), então faça a emissão do RG (o primeiro é sempre de graça em qualquer lugar do Brasil).

    1. Olá Elizangela. Dê uma lida no artigo completo, temos a lista de todos os documentos que você irá precisar. Lembrando que você poderá (e deverá) solicitar um benefício para cada filho.

  6. Olá. Aqui em casa somos 4. Tenho um filho com TEA e consegui o BPC porque eu e meu marido estamos desempregados, me formei em Técnica de Enfermagem se eu trabalhar é cortado o Benefício ? Você pode me responder porque ainda não entendi direito.

    1. O benefício é cortado quando a renda da família excede o valor de 1/4 do salário mínimo por pessoa. É um valor muito baixo, mas infelizmente é a regra.
      Você pode solicitar o benefício em juízo, conforme comentamos no final do artigo. O “caminho” seria: se vc começar a trabalhar e o benefício for cortado, deve pegar a carta de negatória do INSS e entrar com um processo. Em muitos casos o juiz entende que a renda da família não é compatível com os gastos, mas não é garantido.

  7. Boa tarde
    Meu filho hoje tem 10 anos, dei entrada no benefício loas a 5 anos atrás e foi negado, por causa do salário do meu esposo. Mas hoje se encontra desempregado faz 3 meses, e eu não trabalho, poderia dar entrada novamente para tentar o benefício. Devo ir no juizado, como proceder. Obrigada Silvia

  8. Olá dei entrada em março mais até agora nada , a assistente social visitou a minha casa fez uma entrevista e pediu p aguardar p chamar p perícia ela veio na nossa casa pq a renda ultrapassou aqui em casa somos em 4 e a renda do meu esposo é 1238 reais então no caso já passou mais ela anotou os gastos que temos será que vou conseguir?

    1. Qualquer resposta que nós dermos seria pura especulação. Pelas regras, não seria liberado, mas mesmo sendo negado você poderá entrar em juízo, conforme a parte final do nosso artigo. Vamos torcer para que libere logo de cara!!

      1. O laudo para eu dar entrada no auxílio que comprova que a criança foi diagnosticada com TEA pode ser fornecido por um profissional de rede privada, o somente pelo SUS?

  9. Olá
    Boa noite.
    Adorei os esclarecimentos. Vcs estão de parabéns.
    Tenho uma dúvida.
    Eu consigo desconto p tirar a sugunda via da identidade do meu filho de 4 anos autista?

    1. A identidade de autista ainda não esta em todo o Brasil.
      Existe um projeto de lei para que essa identidade seja nacional, mas ainda não foi votado.
      Alguns estados já possuem essa identidade, pra saber se onde você mora já possui identidade de autista, é necessário fazer contato com a Secretaria de Segurança Publica do seu Estado ou diretamente no Poupa Tempo.
      Aqui em São Paulo, onde fica o Autismo Legal, ainda não existe uma identidade de autista.
      Recomendamos a todos que sempre levem consigo um pequeno atestado médico (Declaramos para os devidos fins que “João da Silva” é autista, CID …. o médico coloca data, assina e carimba) caso vocês sejam questionados.

    1. Boa noite
      Nem todos os estados possuem a identidade de autista.
      Existe um projeto de lei, mas ainda não foi votado para que a carteira de identidade de autista seja nacional.
      Aqui em São Paulo não existe ainda. Nos estados que já possuem a carteira de identidade de autista, o documento é emitido pela Secretaria de Segurança Pública ou diretamente no Poupa Tempo.
      Mas você não precisa ter essa identidade para que os direitos do autista sejam respeitados.
      Recomendamos ter sempre um atestado médico simples na carteira ou em uma foto no celular para apresentar caso seja solicitado. Não é necessário laudo (mesmo porque pessoas que não são da área não entendem um laudo). Com certeza, somente um atestado declarando que a pessoa é autista, acompanhado do número do CID, carimbo e assinatura do médico, é suficiente.
      Conte sempre conosco.

    2. Porque mesmo a pessoa tendo a renda infererior a 1/4 do salário mínimo e ter o laudo o benefício pode ser negado ou só tem direito criancas autista de grau moderado a severo

      1. Para falar qualquer coisa, é essencial saber o motivo do indeferimento.
        A pessoa precisa passar pela perícia do INSS, o cadastro único precisa estar atualizado, a renda per capta precisa estar dentro do limite, entre outros detalhes.

  10. Olá !
    Boa noite!
    Muito edificante essas informações sobre o assunto, nos ajuda muito a entender e como proceder com os direitos dos nossos filhos com TEA.

    1. Boa noite
      Fizemos com muito carinho.
      Somos pais de autista e isso nos motiva.
      Aproveite este e tantos outros artigos que ensinam como chegar ao benefício que a Lei garante aos nossos filhos sem precisar contratar ninguém para isso.
      Conte sempre conosco.

  11. Muito esclarecedor! Mas me ficou uma dúvida. Aqui no Paraná ouvi vários comentários de mães que o benefício foi indeferido por ser autismo leve. E que muitas mães estão tendo que pagar, pois só atestam isso em uma faculdade pra descobrir o grau. Pelo que entendi, na explicação isso não procede pela lei, estou certa? Autismo é autismo. Passo três dias da semana em terapias com minha pequena, ela é muito grudada comigo, e não fica com ninguém, até a escola é complicado. Enfim, o benefício pode ser indeferido pelo grau?

    1. Boa noite
      Não.
      A Lei 12.764 de 2012 que diz no artigo 1, § 2o A pessoa com transtorno do espectro autista é considerada pessoa com deficiência, para todos os efeitos legais.
      A lei não diz que somente autistas moderados ou severos que são deficientes.
      De acordo com a Lei Orgânica, todos os deficientes tem esse direito, desde cumprida a exigência de baixa rende e identificada a deficiência.
      Conte sempre conosco.

  12. Com a renda do loas eu consigo tirar um automóvel pois minha filha faz as terapias duas vezes na semana e esta ingressando na escola ela tem muita dificuldade pra andar e falar como funciona o caso do automóvel descontos etc.

    1. Boa noite
      Escrevemos um artigo completo sobre isenção e compra de veículo para autista.
      http://shimmer-roomy-carpenter.blogs.rockstage.io/isencao-de-impostos-na-compra-de-veiculos-para-autistas/
      Mas muito cuidado!
      Pra receber BPC/LOAS você precisa declarar legalmente (significa que vc responde pela declaração que deu) que a renda per capta (por pessoa da sua casa) é de, agora em 2019, no máximo R$ 250,00 por mês.
      Pense comigo: quem tem renda de R$ 250,00 por mês por pessoa, consegue comprar um carro zero? NUNCA, em nenhum lugar!
      Se a pessoa tem $ pra comprar um carro zero, significa que ela não precisa do BPC/LOAS.
      Tem muita gente recebendo o BPC/LOAS baseado em declaração falsa. Isso é crime!!!
      O INSS pode cancelar o benefício e fazer devolver todos os valores recebidos.
      Todos os autistas pela lei tem direito a compra de veículo com isenção. O que não pode é mentir para o governo pra receber o BPC/LOAS.
      Quem dá a isenção federal é a receita federal, a mesma receita federal que administra o sistema do INSS.
      Não brinque com a receita (sou advogada e contadora e já vi muitas pessoas tendo que devolver o que receberam do INSS indevidamente).
      Entretanto, se alguém da família está doando o dinheiro para a compra do veículo, documente isso.
      Assim, se o INSS te chamar (o que provavelmente vai acontecer) você precisa não somente explicar, mas também provar que o valor para a compra do veículo veio de doação.
      Nosso objetivo não é te assustar, mas tem muita gente fazendo isso e achando que não tem problema, que não vai dar em nada.
      Conte sempre conosco.

    1. Boa noite
      As atualizações de endereço, número de pessoas que moram na mesma casa, renda, podem ser feitos diretamente no CRAS.
      Caso o INSS precise de mais alguma informação, você será notificada para comparecimento.
      Conte sempre conosco.

  13. O NOME CERTO DO BENEFICIO QUE DA DIREITO AO DEFICIENTE AO QUAL SE REFEREM E B.P.C(BENEFICIO DE PRESTACAO CONTINUADA) QUE ESTA CONTIDO NA LEI DA ASSISTENCIA SOCIAL;LOAS E O CONJUNTO DE LEIS QUE REGEM A ASSISTENCIA SOCIAL.
    ELE SE CHAMA B.P.C E NAO LOAS,COM VOCES DIZEM.
    Benefício de Prestação Continuada – BPC/LOAS e suas Atualidades, segundo a Lei 13.301/2016 e o Decreto 8.805/2016. RESUMO: Benefício de Prestação Continuada da Assistência Social – BPC-LOAS ao idoso e à pessoa com deficiência, como é conhecido. Foi criado na Lei 8.742/93- Lei Orgânica da Assistência -LOAS.

    1. Boa noite
      Obrigada pela sua contribuição.
      Como você pôde ver, usamos ao longo de todo o artigo os nomes BPC/LOAS.
      Nem todas as pessoas são esclarecidas como você.
      Alguns só conhecem como BPC, outros como LOAS.
      Se se utilizarmos um único nome, muitas não chegariam as informações que disponibilizamos de forma tão clara e simples.
      O objetivo da nossa página é levar informações legais e práticas para que as pessoas já tão prejudicadas pela deficiência de seus filhos, possam ter acesso aos direitos que a Lei lhes garante.
      Se tiver mais alguma contribuição a fazer, entre em contato novamente.
      Conte sempre conosco.

  14. Boa noite meu filho tem 13 anos é autista tem laudo. Dei entrada pelo inss e foi negado o perito alegou ser autismo leve e não deu o benefício. Ele fez somente uma pergunta ao meu filho : para que time ele torcia e o mesmo respondeu Corinthians. Dei entrada no Juizado aqui em SP com advogado , fiz as perícias e o perito médico fez a mesma pergunta ao meu filho. Na hora fiquei sem chão! !! Meu filho respondeu a mesma coisa. E foi negado novamente. O Advogado entrou com recurso e foi negado novamente. Não sei mas o que fazer !!! Pelo SUS não consigo tratamento para ele. Tem 2 anos que está aguardando psicólogo e psiquiatra, fono e t.o. Muito difícil e não posso trabalhar fora por não ter com quem deixar ele e os outros dois. Ele ainda tem alergia ao leite de vaca e miopia e astigmatismo. Não entendo o pq de ser negado. Pago aluguel e minha renda se encaixa nos padrões exigidos. Estou muito triste pois o benefício iria ajudar a custear os médicos.

    1. Boa noite
      Dê entrada no pedido novamente junto ao INSS e não fale nada do processo.
      Tente passar em algum medico do SUS para pegar laudo e anexar ao pedido do benefício, normalmente laudo do SUS tem um peso grande.
      Fico triste em saber que basearam o seu benefício em saber se seu filho sabe ou torce pra algum time.
      Não desista, você pode levar a Lei 12.764 de 2012 que diz no artigo 1, § 2o A pessoa com transtorno do espectro autista é considerada pessoa com deficiência, para todos os efeitos legais.
      A lei não diz que somente autistas moderados ou severos tem direito ao benefício. Todos os deficientes tem esse direito, desde cumprida a exigência de baixa rende e identificada a deficiência.
      Agende um novo benefício, ele passará com outro perito e se tudo der certo identificarão o autismo e concederão o benefício.
      Conte sempre conosco.

  15. Olá
    Tenho dois filhos com deficiência, um tem múltiplas deficiência consegui o benefício via judicial. Meu outro filho é autista será qe consiguo o benefício pois os gastos são altos pago terapia viajem pois nosso município e bem pequeno e nao temos médicos especialistas será qe posso pedir o benefício? Obrigada

    1. Boa noite
      Cada deficiente tem direito a um benefício separado.
      Pode agendar o benefício dele pelo 135 do INSS o quanto antes (desde que a renda de vocês esteja dentro do limite do INSS).
      Se a renda for maior, ainda assim entre com o pedido, quando for negado, você pode entrar em juízo sem a necessidade de um advogado.
      Colocamos todos os detalhes no nosso artigo.

      1. Obrigada pelas informações, dei entrada no pedido do benefício para meu segundo filho agendei tudo ok,fui ao cras da minha cidade e a assistente social me disse qe o benefício do meu primeiro filho vai Costa como renda e por isso não teria o direito no segundo benefício. Mas em algum lugar ou aqui mesmo não recordo agora qe o bpc não pode ser usado como renda isto verídico ou não, pode me ajudar a esclarecer está questão? Obrigada

  16. olá boa noite tudo bem gostaria se possivel que vc me esclarecesse uma dúvida….eu tenho um filho que é especial ele recebe o BPC,e há um ano eu me casei,mas não compareci ainda no INSS para modificar os meus dados,pois temo que eles venham cortar o benefício, aqui em casa é só o meu esposo que trabalha, pois fico com o meu filho o tempo todo..ele dependende de mim pra quase td…será que vc pode me ajudar,esclarecendo…já agradeço 😀

    1. Boa tarde
      Para atualizar os dados do seu grupo familiar, você precisa comparecer ao CRAS mais próximo da sua casa.
      O BPC é um benefício para pessoas deficientes (e idosos) de baixa renda.
      Se o salário do seu marido está dentro do limite de renda máxima do INSS, não tem motivo para se preocupar.
      Temos todos os detalhes no nosso artigo.
      Conte sempre conosco.

  17. Olá … Eu entendi sobre o benefício, e tendo uma renda superior ao valor estipulado de 1/4 do salário mínimo não tem o direito de receber , porém se for comprovado uma despesa alta com tratamento para a criança é possível contestar pra receber o benefício … Mas minha dúvida é , mesmo que esse gasto seja com escola particular e convênio médico ele ainda sim teria direito?

    1. Boa tarde
      Com uma renda acima de 1/4 provavelmente o benefício será indeferido.
      Você pode entrar com o pedido em juízo, sem precisar de advogado, mas pra isso tem regras que colocamos na parte final do nosso artigo.
      Lembrando que o BPC/LOAS é um benefício para deficientes (e idosos) de baixa renda, portanto, se sua renda for muito superior ao limite do INSS, dificilmente você conseguirá o benefício.

  18. Olá, gostaria de saber se autista adulto consegue dar entrada no benefício e se eu conseguiria pegar um carro com redução do ipva mesmo sendo habilitada…
    Finalmente consegui fechar meu diagnóstico, aos 36 anos, como síndrome de asperger, e só encontro informações sobre benefícios para crianças.
    Desde já agradeço.

    1. Boa tarde
      Adulto autista consegue dar entrada no benefício, desde que cumpridas as exigências do INSS (deficiente com baixa renda).
      Se você já tem carro, pode pedir a isenção de IPVA, sendo habilitada ou não, desde que o veículo esteja em seu nome.
      Escrevemos um artigo completo sobre isenção de IPVA, vale a pena ler antes de dar entrada na Secretaria do Estado.
      Conte sempre conosco.

  19. Boa tarde!
    Dei entrada no inss com a documentação em agosto 2018, até o momento não foi me dado nenhuma resposta. O inss não tem um prazo pra me responder? Passaram 4 meses.

    1. Boa tarde
      O tempo para resposta do benefício varia muito com a quantidade de processos e pessoal disponível para análise.
      Cada região tem demandas diferentes, portanto, não tem como quantificar prazo.
      Você pode acompanhar o andamento pelo 135 do INSS ou pelo MEU INSS https://meu.inss.gov.br/central/#/
      Caso queira fazer uma reclamação na ouvidoria o link é https://www.inss.gov.br/ouvidoria/
      A boa notícia é que quando o benefício for concedido, você receberá todo o acumulado, desde a data do seu agendamento.
      Conte sempre conosco.

  20. Parabéns pela matéria, muito bem elaborada!
    Mas gostaria de tirar uma dúvida…
    Minha filha tem 2 anos e 3 meses, está fazendo terapias : T.O, FONO e PSICOLOGO… Tudo indica Autismo, mas não temos Laudo Médico, apenas parecer dos profissionais que a acompanham. É possível dar conseguir o benefício sem laudo médico? Apenas com parecer. ?

    1. Boa tarde
      Para dar entrada no benefício junto ao INSS é necessário que a pessoa seja deficiente de acordo com a Lei e tenha baixa renda (inferior a 1/4 do salário mínimo)
      Pode dar entrada sem laudo, mas corre o risco do INSS entender que sua filha não é autista.
      Você não perde nada fazendo o pedido do benefício, portanto, acho que vale a pena.
      Leia nosso artigo completo, explicamos todo o passo a passo.
      Conte sempre conosco.

  21. Oi boa noite eu me separei do meu marido tenho um filho de 10 anos que é autista meu ex receber o benefício do nosso filho como posso fazer pra passar pro nome

      1. Bom dia . Eu dei entrada a 6 mês ,meu filho tem 5 anos ele e autista e normal demora assim? Oque eu posso fazer ? No sistema só parece em análise . Nossa renda e de 150 por pessoa só e eu ele

        1. O perfil de vocês é exatamente para o BPC.
          Infelizmente tem demorado sim.
          São milhares de processos e varia de acordo com o andamento do posto onde vc deu entrada, agenda do perito, etc.
          Recomendamos ligar semanalmente no 135 do INSS e ir mensalmente ao posto do INSS para saber sobre o andamento.
          A boa notícia é que quando o benefício for concedido, sei filho receberá todo o acumulado, desde a data que vc agendou o benfício.

          1. Meu filho tem 4 anos é foi diagnosticado de autismo.. eu recebo 358 do bolsa família será que dá pra da entrada no bpc

          2. Se essa é a única renda de vocês, agende o quanto antes o BPC dela.
            Não esqueça que é necessário ter o cadastro único atualizado.

  22. Bom dia! Sou mamãe de gêmeos autistas uma criança eu já consegui o benefício e a outra eu ainda não dei entrada! A assistente social disse que provavelmente vai ser negado! Por conta da luta do dia a dia que eu não dei entrada ainda!! Tenho dúvidas dando entrada eu tenho que ir a advogado toda semana? Ou não pois não tenho com quem deixar os gêmeo e é complicado sair com eles!! Desde já eu te agradeço aguardando uma resposta…

    1. Boa tarde
      Você não precisa de advogado para dar entrada no benefício.
      O agendamento é feito pelo telefone 135 do INSS ou pela internet no site do INSS.
      Siga nosso passo a passo e use seu dinheiro para cuidar dos seus filhos.
      Conte sempre conosco.

  23. Boa noite..me chamo francisca
    E gostaria de saber de minha filha tem direito ao benefício…
    Pq meu marido recebe 1 auxílio doença do INSS e me disseram q ppr isso sera negado a minha filha .
    Isso é verdade?

    1. Olá Francisca
      Seu marido receber o auxílio doença não impede que sua filha receba do BPC/LOAS.
      O que não poderia era seu marido receber o auxílio doença e ainda pedir o BPC/LOAS.
      Vocês precisam ver se a renda per capta (por pessoa que mora dentro da mesma casa) é de até 1/4 do salário mínimo.
      Se estiver dentro do limite do INSS, já pode agendar.
      Passamos todos os detalhes e passo a passo em nosso artigo.
      Conte sempre conosco.

  24. Eu sou Renata, sou surda mãe de autista e meu marido ganha um salário mínimo. Somos 4, já pedi loas uma vez e não deram, ainda fizeram piada comigo no posto no Rio de Janeiro. Foi de passar vergonha. Eu sei que posso trabalhar, meu filho dá muito trabalho demais, é ruim, eu não escuto, sei que poderia não ter filhos, mas eu amo eles e meu marido. Sei nem por onde começar de novo. Passei bastante vergonha, sai de lá chorando, hoje choveu molhou a metade da casa toda. É sofrimento demais. Mas o médico e outras pessoas que eu passava no posto riam de tudo que eu falava. Desisti. Recebi esse link da patroa do meu marido.

    1. Renata, querida
      Ficamos muito tristes em saber que você passou por tanto desrespeito, ainda mais em um órgão público.
      Infelizmente existem pessoas que não se importam com o sentimento alheio.
      Com certeza, seu marido é um bom funcionário, parabéns por ele.
      Considerando que seu marido recebe 1 salário mínimo e vocês são em 4 pessoas, a família de vocês é exatamente o perfil para o BPC/LOAS.
      Para receber p benefício é necessário que a pessoa tenha deficiência (seu filho tem autismo) e que a renda por pessoa da família seja de até 1/4 do salário mínimo (como vocês são em 4, dá certinho).
      Você pode agendar o BPC/LOAS pela internet por este link https://meu.inss.gov.br/central/index.html#/agenda/ ou pedir para alguém ligar no numero 135 do INSS.
      Respire fundo e tente não se importar com os outros, isso é um direito do seu filho.
      Agende o quanto antes, porque quando o benefício for concedido, você vai receber todo o acumulado desde a data do agendamento.
      Depois nos conte se deu tudo certo.
      Aproveite para conhecer todos os outros direitos que a Lei concede ao seu filho, explicamos tudo com detalhes.
      Conte sempre conosco.

  25. Bom dia
    Gostaria de saber se o bpc conta como renda?pois tenho dois filho
    Deficiência recebo o bpc de um ,dei entrada no pedido para segundo mas assistente social me disse qe não vou conseguir pois o outro benefício vai contar e assim ficaremos com uma renda a cima do 1/4 do salário mínimo. Isto pode acontecer?
    Obrigada

  26. Boa tarde. Dei entrada e na época eu estava recebendo o seguro desemprego aí foi negado.
    Agora como faço pra dar entrada novamente estou desesperada a1 um ano e seis meses.
    O meu filho é autista.

    1. Olá
      Legalmente ele é deficiente.
      Quanto a ter direito ao BPC/LOAS depende da renda de vocês e do grau de dependência dele.
      As regras para concessão do benefício colocamos no artigo BPC/LOAS.
      Isso será avaliado em perícia.
      Conte sempre conosco.

  27. Recebo o Bpc a 11 anos, da minha filha que é autista, e na época eu e meu esposo, estávamos desempregados, só que com o passar dos anos meu esposo foi registrado, eu que já tinha cadastro único, sempre levei o holerite dele, e sempre prestei conta dos meus gastos, só que agora com o pente fino , eles bloquearam devido ao salário do meu marido utrapassou a renda per capita, agendei no inss, levei toda documentação necessária, e carta de defesa, e todo o gasto da família. Eles desbloquearam o benefício, e me disseram que apartir de 30dias, me dariam a resposta. Ainda se encontra em análise. Como eu sempre declarei, a verdade no cardiunico, e corro o risco deles, quererem cobrar o dinheiro que recebi, mesmo declarando os meus gastos.

    1. Olá
      Considerando que você sempre manteve seus dados atualizados, é pouco provável que isso aconteça.
      O risco existe, mas caso aconteça, você consegue provar que nunca mentiu, isso é, nunca fraudou o INSS.
      Conte sempre conosco.

  28. boa tarde, gostaria de saber se caso faça uniao estavel para colocar minha namorada no plano de saude empresarial para que o filho dela entre no meu plano, preciso saber se ela corre o risco de perder o beneficio ela necessita muito desse beneficio pois nao pode trabalhar por conta dos problemas de saude do filho

    1. Olá
      É provável, existe esse risco.
      Se o filho dela entrar como seu dependente no imposto de renda, o INSS vai receber essa informação.
      Tudo vai depender da sua renda. O Cadastro Único precisa estar atualizado, se vocês não morarem juntos, a sua renda não entra no calculo da renda per capta.
      Conte sempre conosco.

  29. Boa noite dei entrada no benefício do meu filho que é portador do transtorno do espectro autista grau leve,mas eles disseram que é muito difícil eu conseguir por ser leve o perito vai negar.isso procede?

    1. Olá
      A análise é feita pela renda, estrutura familiar e grau de dependência.
      Uma criança é totalmente dependente.
      Se vocês estiverem dentro dos parâmetros que a lei estabelece, caso o benefício seja negado por conta do grau leve de autismo, você pode fazer o pedido judicial.
      Conte sempre conosco.

  30. Dei entrada no INSS do BPC para meu filho com autismo dia 11 de fevereiro,mais não pediram o laudo,o rapaz que me atendeu disse que no dia da perícia, provavelmente no fim do ano o perito irá pedir o laudo,e assim mesmo? E o lauda ainda vai estar válido?

    1. Olá
      Como o autismo não “vai e volta” o laudo continua válido.
      Recomendamos que quando estiver próximo de 1 ano de laudo, você providencie um laudo novo.
      Se conseguir laudo do SUS é melhor ainda, mas isso não é obrigatório.
      Ligue no 135 do INSS pra saber quando será sua perícia.
      Conte sempre conosco.

    1. Olá
      Se o valor de 998 já considera o seguro desemprego, talvez seja concedido.
      Mas se o valor de 998 é sem o seguro desemprego e analisarem o processo enquanto ele receber (pouco provável pois os processos demoram um pouco), infelizmente será negado.
      A renda per capta de vocês está em 332,67. É um pouco acima do limite, mas é possível que o benefício seja concedido.
      Mantenha seu cadastro único sempre atualizado, é com ele que o INSS confere as informações prestadas.
      Conte sempre conosco.

  31. E quando o beneficio da indeferido antes msm de realizar a pericia medica,e realizando a pericia da-se concedida ? E por esse motivo o Inss nao nos da a carta de concessao ? Quais os procedimentos a se seguir ?

  32. Bom dia
    Gostei das informações referente ao BPC/LOAS , porém tenho uma dúvida:
    Meu filho tem 6 anos e recebe o benefício desde o ano passado, faz uns 6 meses que recebe, porém estou me separando e o valor de 1 salário mínimo não é suficiente, posso consiquir na justiça o direito de voltar a trabalhar ou pelo menos pagar o meu INSS como autônoma pois até isso ouvi dizer que não é possível???

    1. Olá
      Você pode trabalhar, desde que não exceda o valor máximo da renda per capta limite do benefício (1/4 do salário mínimo).
      Se você fizer “bicos” e eles não forem frequentes, não dá para considerar isso como renda, o INSS não tem como saber.
      Conte sempre conosco.

  33. Por favor qual o primeiro passo para se conseguir o Loas de volta. Depois que me aposentei com dois salários mínimos foi cortado o Loas de meu filho. Sou somente eu e ele em casa, sem outra renda, mas não dou conta de tanta coisa para pagar é muita despesa e ele precisa de ajuda pra tudo, tenho muitos gastos para poder manter ele calmo, já é adulto , sou sozinha e fica difícil quando acontece as convulsões, não tenho mais forças pra ajudar a virar ele… tudo vai ficando muito difícil e as despesas só aumentam, por isso quero pedir na justiça gratuita o Loas, Mas, queria saber se tenho q primeiro ir pedir no inss. Obrigada por nos ajudar.

    1. Olá
      Se seu filho já recebeu o benefício, pode pedir diretamente na Justiça Federal especial.
      Não temos como garantir que seja concedido, pois a renda per capta é o dobro do limite do INSS.
      Leve todas as despesas, principalmente com medicação que o SUS não oferece gratuitamente.
      Não custa nada tentar!
      Conte sempre conosco

    1. Ola
      Asperguer esta dentro do Transtorno do Espectro Autista, portanto, é deficiente de acordo com a Lei.
      Se ele se enquadrar nos critérios do INSS, tem direito como qualquer outro autista.
      Conte sempre conosco.

  34. Boa noite!!
    Gostei muito do seu site, muito bem explicativo, para um assunto que ainda é desconhecido para muitos pais com filhos autistas. Só gostaria de deixar minha contribuição sobre a regra do INSS em exigir que a renda familiar seja inferior a 1/4 do salário mínimo, essa regra foi derrubada pelo STF (Recursos Extraordinários (REs) 567985 e 580963). Em alguns Estados a justiça federal não esta condicionando salário e sim a prova da necessidade do benefício para o bem estar do “menor”. Então como já explicado acima, caso o INSS negue ingresse com uma ação na Justiça Federal mais próxima de você.
    Abss

    1. Olá
      Isso é verdade, já té comentei sobre o STF com outra pessoa aqui na pagina mesmo.
      Mas essa “regra” só é derrubada em juízo, porque o INSS ainda tem o limite de renda máxima como regra (alguns casos eles concedem o benefício para quem recebe um pouquinho a mais).
      No final do artigo explicamos que é possível receber o benefício em juízo mesmo tendo renda per capta acima do limite do INSS.
      Um novo artigo logo será postado explicando o processo judicial somente.
      Infelizmente se colocamos as 2 informações no mesmo artigo as pessoas fazem muita confusão.
      Muito obrigada pela sua contribuição.

  35. Meu filho tem 1 ano e 6 meses foi diagnosticado com autismos, não tenho nenhuma renda pois perdi o emprego por ele não ficar com ninguém e dar crises. Posso receber o benefício ?

      1. O médico diagnosticou passou as guias de terapia ocupacional, fonoaudiólogo e psicológia. Só que não me deu nenhum laudo o que eu faço ?

        1. Olá, eu sou mãe de autista,minha filha tem 2 anos e 11 meses,eu recebi o laudo dela ontem, estou na dúvida,pois eu e meu marido estamos desempregados,ele faz bico em lanchonete,e eu não posso trabalhar,pq minha filha as vezes só quer ficar comigo,ou por causa dos compromissos dela,creche ,duas estimulacoes em locais diferentes,creche que ainda na se adaptou…então a renda total do mês é de 1.000 ,nos moramos de aluguel,pagamos passagem pois a creche é muito longe,pagamos luz,a farmácia dele por mês é muita coisa pra comprar ,pois ela ainda usa fralda,mal da pra comprar comida.sera que eu tenho direito ao loas,mostrando a nossa realidade.

  36. Bom dia tenho uma dúvida, recebo 1100 e meu vô aposentado 1100 tbm.. somando 2200.

    Tenho gastos com meu filho autista leve, e mais gastos ainda com meu avô que é acamado, usa fralda oxigênio sonda (usando então toda a aposentadoria dele nisso) será que eles levam em consideração os gastos do meu avô tbm, ou só do meu filho?

    1. Olá
      Os gastos considerados são da pessoa com deficiência, no caso seu filho.
      Uma dica para seu avô. Na UBS eles entregam fralda geriátrica, aí você economiza com isso.
      Conte sempre conosco.

  37. Boa noite!
    Meu neto foi diagnosticado com autismo. No laudo o neuro afirma que ele se encontra dentro do espectro TEA, informa a necessidade de acompanhamento com fono, psicologo, pediatra , neurologista e de mediação escolar, mas não colocou o Cid. Terá problema no INSS?

  38. Olá descobrir pouco tempo q meu filho e autista CID 10 F84 estou separada sei q pai dele está trabalhando ele só bem aqui da o pensão do mês q é 250 reais pro não trabalho sair do emprego mora eu meu filho3 anos e meu filho de 11 anos será q INSS vai aceita

  39. Olá
    Tenho uma dúvida, pensão entra na renda per capita, ou só renda de trabalho registrado? Tenho dois filhos, o mais novo tem 6 anos e foi diagnosticado com autismo, e eu ganho pensão do pai dele e a minha filha tem tem pensão do pai dela, mas eu estou desempregada no momento.

  40. Boa noite ,carla meus filhos tem autismo.quando meu filho tinha 6 anos dei entrada no loas mas foi negado.e deixei pra la.hone ele tem 11 anos e as gemeas tem 10 anos sera que consigo dar entrada novamente para os tres .e gostaria de saber se e verdade quanxo da entrada novame te voce recebe desda primeira vez que deu entrada e foi negado.eu no momento estou desempregada e so recebo 500.00 reais do pai deles e muito dificil pois ninguem tem paciencia de ficar com eles.se pode me responder por favor desde ja agradeco

    1. Olá
      Cada deficiente tem direito a um beneficio.
      Não entendi se só seu filho tem autismo ou se as gêmeas também tem.
      Pelo que você falou, a sua família está dentro do perfil do INSS.
      Você vai dar entrada novamente.
      Você irá receber o acumulado desde a data do agendamento deste benefício novo (como se nunca tivesse entrado com o pedido).
      Não tem como receber do outro pedido, porque foi indeferido (você só poderia ter recebido se tivesse entrado com recurso e fosse concedido por recurso).
      Conte sempre conosco.

  41. boa noite eu recebo loas da minha filha e dei entrada no do meu filho mais eu não tenho outra renda so da minha filha mora eu mais 4 filhos 2 especial meu filho toma remédio controlado usa fralda e inss de indeferido por renda capital

    1. Olá
      Cada deficiente tem direito a um benefício diferente.
      Pelo que você está falando, vocês estão dentro do perfil do INSS.
      É só aguardar a liberação do outro benefício.
      Lembrando que você irá receber o valor desde a data que agendou o beneficio no INSS.
      Conte sempre conosco

  42. Olá, a minha renda é 1.041,00, aqui em casa somos 4 pessoas, eu, meu esposo, minha mãe e meu filho que é autista, teria direito ao benefício?

  43. Meu filho tem autismo leve, quando tentei esse benefício para ele eu estava desempregada, é não consegui. Lembro da médica falar assim pra mim:”não vejo motivos pra vc não sair pra trabalhar, ele fala e tem uma independência. ” mas depois ela falou que dificilmente ele iria conseguir pois a nota da assistente social foi bem baixa pra ele. Fiquei muito triste com a situação e nem corri atrás de entrar na justiça. Somos baixa renda, luto muito pra acompanhar ele na escola, curso, esporte… enfim não é fácil trabalhar e ter que acompanhar ele em tudo, visto que sou separada do pai dele. Desculpem o desabafo… mas a gente se sente humilhada quando vamos atrás de nossos direitos nesse país.

    1. Olá
      Infelizmente essas coisas podem acontecer, não devem, mas podem.
      Se vocês ainda estiverem dentro do perfil do INSS, faça de novo.
      Marque o pedido do benefício novamente.
      Você será atendida por outra pessoa, com certeza.
      Leve laudo atualizado dele.
      Se for laudo do SUS é melhor ainda (não é obrigatório, mas se levar do SUS, pode ser que concedam o benefício sem precisar passar por perícia)
      Conte sempre conosco

  44. Ola boa noite tenho 2 filhos sendo que 1 ja e diagnosticado no tea e a minha filha esta em investigacao mas a neuro disse que ela se enquadra no Tea . Eu ja recebo o bpc do meu pequeno co seguiria eu tbm receber o da minha filha ? moramos so nos 3 e nao posso trabalhar nao confio em ninguem pra deixar meu filho e nem a pequena ela fala porem e fechada de mais agora ele esta com 7 anos e comecou a falar agora.

    1. Olá
      Se vocês estiverem dentro do limite de renda do INSS, sim, pode conseguir.
      Mas é essencial o laudo dela.
      Se ainda estiver em investigação você não vai conseguir.
      Conte sempre conosco

  45. Oi boa tarde entao eu nao trabalho fora so fico em casa cuidado das criancas eu so recebo o bpc eu gostaria de saber tbm se o bpc e co siderado como renda ? Eu pego o bpc mas tenho gastos com remedios

  46. Olá tenho um filho de 1 ano e 7 meses! O médico falou que ele é autista. Pediu um laudo ele colocou que está em tratamento e diagnósticando o autismo. Nao consigo receber o benefício com esse laudo ? Pois perdi o emprego por conta das terapias e por ele não ficar com ninguém. O que faço?

    1. Olá
      O laudo tem que dizer que a pessoa está dentro do transtorno do espectro autista, cod F84.
      Caso este médico não dê esse laudo, procure outro médico.
      Muito ainda tem medo de dar um “laudo fechado” para uma criança nesta idade.
      Conte sempre conosco

  47. O cálculo incide sobre a renda bruta ou a líquida? Na minha família tenho 2 autistas de 11 e 7 anos e minha esposa é aposentada por invalidez permanente AVC (tem cuidadora e muitos gastos com remédios). Busco alternativas de conseguir o benefício para custear as elevadas despesas com tudo o que cerca os autistas (remédios, plano de saúde, transporte) e, sobretudo, conseguir contratar uma pessoa para ser cuidadora e ajudar nas atividades de vida diária, uma vez que a cuidadora da minha esposa não aceita acumular os cuidados de mais 2 especiais. O “problema” é que sou servidor público e provavelmente terei meu pedido negado junto ao INSS, pois a renda per capta ultrapassará o limite legal de 1/4 do mínimo. A doutora acredita que eu teria sucesso numa ação na Justiça Federal bem fundamentada com provas dos fatos aqui narrados e com base neste núcleo familiar de complexidades médicas relevantes?
    Obrigado.

    1. Olá
      Já te respondi por e-mail (você fez a mesma pergunta através do contato@autismolegal.com.br).
      Resumindo: será necessário comprovar as despesas que você tem com os deficientes e que o SUS não te atende.
      A base de tudo está na prova da hipossuficiência e situação de vulnerabilidade da família.
      Considerando que você é funcionário público e sua esposa já está aposentada, dificilmente conseguirá, mas não custa nada tentar.
      Pode solicitar o benefício pelo Juizado Especial Previdenciário, sem advogado mesmo.
      Conte sempre conosco

  48. olá bom dia ! me chamo Jane e tenho um filho com 10 anos de idade. meu filho está em analise do psicologo, por motivo da escola que fez um relatorio conforme o comportamento dele. Aonde tem todas as caracteristica de um autista. caso ele for diagnosticado,como devo proceder para conseguir o beneficio BPC? e o passe livre?

    1. Olá
      Após ter o diagnóstico médico, todos os direitos que escrevemos estão disponíveis para seu filho.
      Cada direito tem suas características e regras, mas damos todos os detalhes para cada assunto.
      Conte sempre conosco

  49. Boa noite gostaria de saber se eu consigo por ter mei aberto recentemente a 3 meses dei entrada no benefício dele em novembro/2018 mas eu e minha esposa estamos desempregados e moramos no rural.

      1. Meu filho recebe pensão do pai dele, tenho outra filha que tmbm recebe pensão do pai. Da um total de 1.000,00 tenho direito? Somos 3 em casa. Um advogado me disse que pensão alimentícia não conta como renda familiar. Judicialmente eu consigo o benefício? Afinal, na minha cidade nao tem neurologista pelo SUS, tenho q ir pra outra cidade e pagar particular. Como fica essa situação!?

        1. Olá
          Talvez seu advogado tenha alguma informação que eu ainda não conheço, mas pensão entra como renda.
          Você pode conseguir em juízo, desde que comprove despesas necessárias e não cobertas pelo SUS.
          O laudo pode ser dado por psiquiatra e até pediatra.
          O médico que diagnosticou seu filho dará o laudo, não precisa pagar particular.
          Conte sempre conosco

  50. boa tarde
    tenho um filho de 2 anos diagnosticado com tea
    temos 4 pessoas na casa a renda menor q 1/4 do salario minino por pessoa so q o filho mais velho da minha esposa de 8 anos q mora com a gente estuda em colegio paticular,mais quem paga e o pai
    isso pode interverir no pedido do bpc

  51. Somos em cinco pessoas em casa vivendo apenas com o salário mínimo de meu Paulo
    Porque meu esposo ñ pode trabalhar de carteira assinada?
    Pois com um salário mínimo é muito difícil sobreviver pois pagamos água, energia ,telefone e cartão de crédito que compramos alimentos e temos que pagar as contas
    Fora isso remédios quando está em falta no capse temos que comprar
    Fralda que ele usa a noite
    Então é muito difícil sobreviver com apenas um salário mínimo eles ñ vê isso? Eu tive que sair do emprego pra cuidar do meu filho.
    Alguém pode me explicar como vcs ñ passam necessidades com um salário mínimo para os gastos? Sem contar com roupas pois ele é gordinho e perde logo as roupas
    Desde já agradeço a atenção de vcs é me perdoe o desabafo.

    1. Olá
      Entendo perfeitamente o que você está dizendo.
      É importante entender que o BPC é um benefício social para pessoas com deficiência de baixa renda.
      Se a renda por pessoa for acima de R$ 250,00 vocês podem perder o benefício mesmo.
      O INSS tem regras bem específicas.
      Vá ao CRAS mais próximo da sua casa e eles podem te ajudar quanto a isso.
      Conte sempre conosco

  52. Oi
    meu filho foi diagnosticado com Autismo Eu levei 3 laudos de médicos diferentes mas mesmo assim foi negado o beneficio , pois eu ainda trabalhava mas tive que sair do emprego pois me separei e fiquei com a guarda da criança. A assistente social me informou que não posso voltar a trabalhar pois sera negado o beneficio dele. Nesse casso nunca vou poder voltar a assinar minha carteira ?? Terei que ser dependente do meu filho? Mesmo colocando ele em escola em tempo integral?

    1. Você pode voltar a trabalhar quando quiser, mas se a renda per capta passar do limite máximo do benefício, ele pode perder o BPC.
      Esse benefício, de acordo com a lei é para idosos e deficientes de baixa, renda.
      Na realidade, baixíssima renda, que vivem em condições de miserabilidade, hipossuficiência.

  53. Acho muito erado isso a familia deveria sim receber beneficios nao importando renda mensal muita gente recebendo beneficios por qualquer besteira agora uma pessoa com autismo…

  54. Boa noite, tenho um neto de 4 anos com autismo, eu cuido dele , pois sua mãe faleceu já faz quase 2 anos. Ela deixou uma pensão, pois trabalhava com registro, ela tinha mais um filho de 12 anos.
    Será que meu neto tem direito ao auxilio?? gostaria muto de saber,,sem mais,,
    obrigada,,,

  55. Olá , meu nome é Simone.
    Tenho um filho autista ele tem 5 anos , eu não trabalho por causa dele, só quem trabalha é meu marido que ganha 1,220 reais por mês, mas mesmo assim está tendo muitos gasto com meu filho, tipo pago a escola dele que é de 230 reais fora o que gasto com toda semana fazendo sempre terapia, nesse caso gasto entorno de uns 70 reais com ele , fora os cuidado que eu tenho nele 24 horas. O autismo dele e leve ele não fala direito.
    Mas mesmo assim queria saber se ele tem direito ao benefício mesmo com esses requisitos que passei.

    Boa noite!!!

    Fico no aguardo!!!

    1. Se vocês são em somente 3 pessoas, estão acima do limite máximo da lei.
      Entretanto, se vocês conseguirem comprovar que as despesas são necessárias e não cobertas pelo SUS, podem conseguir.
      Se o INSS negar, vcs podem pedir em juízo, comprovando a miserabilidade/hipossuficiência.

  56. Boa tarde !! Achei muito esclarecedor esse artigo parabéns ! Meu filho teve um pré diagnostico aos 4 anos em 2016. Eu nunca corri atras disso e nem tinha muito conhecimento. Fui informada que se eu correr atras e for aprovado recebo os atrasados desde o primeiro laudo, isso procede ? Obrigada !!

  57. Boa noite, preciso da ajuda de vocÊs, meu filho teve o bpc negado, alegaram que ele não toma remédios, e qua a renda per capita é maior do que se deve, só que tem um detalhe, a renda que é alegada foi de 654 reais que recebi em janeiro e mais 150,00, só que sou desempregada e essa renda não existe mais, alegam ainda por não comprovar gastos com meu filho não tem direto ao bpc.Não tenho condições de pagar advogado, então toda ajuada será bem vinda. Obrigada desde já pela atenção a mim dispensada

  58. Eu sou mãe de um autista, e não tenho emprego , mais o pai do meu filho trabalha de carteira assinada obs (não estamos mais juntos) eu posso solicitar o benefício???

  59. Boa noite.aqui na minha cidade está demorando muito para conseguir uma vaga com o neuro pediatra.estou pensando em fazer um plano para começar as terapias.meu filho tem 2 anos e suspeito de autismo.
    Se eu fizer o plano de saúde.ele ganha esse benefício , se diagnosticado?

  60. Boa noite tenho um filho que foi diagnosticado com tea dês do ano passado tento com o laudo dele fazer a solicitação de um apoio para ele de iníciomim foi informado que o apoio não podia pois estava no tempo de eleição aguardei estamos em junho e até o momento nada de apoio o que fazer pois o tempo está passando e o mas prejudicado e meu filho e na escola ele só faz desenha e a própria professora mim informou que não pode dá atenção a ele com 39 alunos mas ele

  61. Olá, muito legal essas informações. Levei a documentação do meu filho ao INSS. Depois de um tempo nem deixaram fazer a perícia, dizendo que a renda era acima. Não recebi nenhum documento negando claramente e nem fiz perícia. Nesse caso, posso já entrar na justiça ou preciso dessa carta ? Lá na justiça, vai ser preciso fazer uma perícia ? Essa perícia será no inss ou será uma perícia judicial ?

    Muito obrigado mesmo

  62. Hoje minha filha foi diagnosticada com tea ,eu já fiz o pedido pra ela receber o nov por ela ser epiletica
    Será que ele pode receber o loas/bpc por ser epletica ou por ser autista?

  63. Bom dia Carla,meu filho está sendo acompanhado em uma Caps,ele tem Autismo Leve,a NeuroPediatra de la deu um Laudo para levar a escola pedindo uma Auxiliar a ele,no Laudo está dizendo em cima…Para a Escola- tem o Cid que é F84.
    Oq eu queria saber é se esse mesmo Laudo serve para Tentar dar entrada no Loas que é por seu Direito?
    Grata !

  64. Olá, parabéns pelo ótimo trabalho!!
    Recebi diagnóstico asperger, tenho 42 anos. Não consigo trabalhar normalmente, faço psicoterapia e tratamento psiquiatrico pelo caps.
    Minha esposa tem sindrome do panico e nao está trabalhando tb. Nossa única “renda” é o aluguel de uma casa que usamos para pagar o aluguel da casa em que moramos. Temos um carro 2005 e terrenos que valem pouco mas que não conseguimos vender ainda. Quero saber se posso requerer o bpc. Obrigado!

  65. Boa noite.
    Gostaria de saber como posso estar ajudando um amigo, que tem um filho com autismo.
    A esposa dele precisou parar de trabalhar para cuidar do filho de 11 anos e este meu amigo, tem uma renda que pelo o BPC/LOAS, dividindo para os três, passa do limite, mas o filho dele vêm tendo algumas convulsões e outros probleminhas que vem aumentando os gastos com exames e medicamentos. Com isso sua renda real, fica abaixo do exigido.

    1. As despesas dedutíveis são da pessoa com deficiência.
      Se as despesas com medicação, dieta especial do filho com autismo são altas, eles podem solicitar o BPC.
      Será avaliado o caso e é possível que consiga sim.

  66. Olá Dei entrada no INSS para o benefício, pois meu filho é autista e já tem quase 60 dias, e até agora está em análise, estou desempregada, sou sozinha com 3 crianças pequenas.
    Meu Filho faz uso de medicamentos e devido ao seu comportamento difícil não posso deixa lo com alguém pra mim trabalhar. Tem a posspossibilidade de acelerar o meu caso no INSS??

    1. Infelizmente existem milhares de pessoas na mesma situacao que vc.
      O tempo depende do posto de saúde, agenda do médico perito, etc.
      A boa notícia é que seu filho receberá todo o acumulado desde a data que vc agendou o benefício.

  67. Olá, meu filho é portador de TEA ele tem 4 anos eu vou dar entrada no benefício pois me enquadro nos requisitos sócio econômicos, porém como comprovante que ele está no espectro tenho encaminhamentos pra tratamento indicando o CID F84.1 e exames entre outras coisas, mas não tenho um laudo específico será se consigo apenas com os documentos que tenho?

  68. Mora eu meu esposo e meu filho ,eu não trabalho só meu esposo que não tem carteira assinada ,meus pais que paga nosso aluguel e ajuda muito meu filho e nossa casa ,será que se eles visitarem minha casa podem negar o benefício por ter tudo direitinho aqui em casa ou oq vale é a renda comprovada ?

  69. Muito boa suas explicações. Porém, restou uma dúvida:

    Um menor, atualmente com 12 anos, diagnosticado desde o nascimento com Autismo, recebe o BPC desde os 6 anos, tem a possibilidade de pedir retroativo?

    Segundo:
    Seu benefício não foi pago desde o requerimento e sim somente o mês do deferimento da concessão. Posso requerer a revisão de benefício administrativamente ou retroativo administrativamente?

    1. Pode requerer desde a data do agendamento do beneficio, deveria ter sido pago assim.
      Quanto ao retroativo, desde os 6 anos, não tem como receber, pois esse benefício é previsto para garantir a subsistência do idoso ou deficiente em situação de miserabilidade desde quando foi requerido.

  70. Olá!
    Meu filho tem 2 aninhos e está fazendo acompanhamento com os especialistas para saber se tem autismo.Eu não trabalho
    Gostaria de saber se ele tem direito a uma carteirinha de transporte
    Desde já muito obrigada!

  71. Olá Boa Tarde tenho uma dúvida em casa somos 6 pessoas minha filha de 2 anos foi diagnosticada com TEA só meu marido trabalha porém o salário dele e de 2100 reais mas ele paga de pensão 700 sobrando então para a gente 1400 tem como pedir o benefício.

  72. Oiii bom dia, tenho uma dúvida, sempre trabalhei de carteira assinada, tenho 2 filhas, mora só nós 3, minha casa é financiada pelo minha casa minha vida, no momento estou desempregada, a empresa que eu trabalhava fechou e já recebi o seguro desemprego, nesse meio tempo o Neuro fechou o diagnóstico de autismo leve da minha filha de 3 anos. Estou com dificuldade de arrumar emprego devido a assistência que minha filha necessita para levar na Fono,TO,psicólogo, medicação enfim.. pelo que entendi posso tentar o BPC, mas como tenho casa própria, minha casa é pequena mas é arrumadinha e um carro posso ser barrada na vistoria da assistência social? Desde já agradeço as informações compartilhadas, faz alguns meses que recebi o diagnóstico e só agora estou tendo conhecimento que autista tem benefícios.. Muito obrigada mesmo.

    1. Pode, mas nao necessariamente será negado.
      A análise é feita pela renda per capta e pela situacao da familia da pessoa com deficiencia.
      De entrada, tenha seu cadastro unico atualizado
      Se negarem vc pode solicitar o benefício em juizo, sera feita uma nova análise social.

  73. Olá, Parabéns pelo conteúdo, muito esclarecedor.

    O beneficio do meu sobrinho foi indeferido pela segunda vez.
    O motivo: o pai tem empresa (MEI) aberta. Ele é autônomo e precisa do CNPJ para emissão de Nota Fiscal nos prédios que presta serviço. Eles pediram para que ele abrisse mão do CNPJ e apresentasse toda a documentação de baixa, um processo que não é da noite para o dia e passado o prazo indeferiram. Como devemos proceder?

    Agradeço.

  74. Uma dúvida, encaminhamentos para Fono e TO marcando o Cid. Vale como comprovante que a criança é autista? Pois meu filho já passou em mais de uma neuro e elas não deram laudo sempre deram encaminhamentos e receitas mas todos marcam o Cid dele

    1. Primeiro precisa saber o motivo de terem negado.
      No 135 vc consegue descobrir
      Depois vc pode entrar com o pedido em juízo
      Se precisar de algum advogado, podemos indicar, mas vc pode fazer sozinho no especial previdenciário.

  75. Olá boa noite gostaria de saber se meu filho tem direito ao passe livre..pos aqui em casa meu marido trabalha de carta fixada e a mãe dele recebe o loas ela e escrisofrenica ..e mora 6 pessoa na casa gostaria de sabe se eu posso da entrada no passe livre e também no benefício dele .ele tem o atestado de autismo..desde já agradeço

      1. Boa noite eu tenho um laudo médico de otorrino mais eu paguei pelo exame pq na minha cidade não tem pelo sus, só tem pra fora da minha cidade e ia demorar muito. Será que serve pra o bpc

  76. Tenho dois filhos que foram diagnosticado com autismo,fui no INSS e pedir de um filho só,e ainda está em processo de analise,recebo 1.280,00 por mês e tem cinco pessoas dentro de casa,posso colocar a minha filha tb?quem tem laudo tb,foi diagnosticada com autismo??

  77. Bom dia. Eu tenho um filho com autismo de 3 anos com laudo médico e um com síndrome de down com 5 meses, seria possível receber o benefício dos dois ou só recebe de um ? Sai do trabalho para cuidar dos dois, é preciso esperar terminar o meu seguro desemprego para da entrada nos benefícios?

    1. Cada pessoa com deficiência tem direito ao BPC, portanto, vcs podem receber 2 benefícios.
      O seguro desemprego é uma renda, entao precisa ver se a renda per capta nao vai ultrapassar o limite maximo da lei.

  78. Eu atualizei meu cadastro,nao tenho renda vivo de doacoes pq nao consigo emprego ,minha cidade nao oferece todo tratamento para o meu filho,eu liguei no 135 segui tudo que devia seguir liguei no INSS dia 14 de agosto de 2019 e ate hoje só apresenta resposfa( EM ANALISE) até hoje eles não marcaram pericia estou preocupada preciso do dinheiro pro meu filho quanto mais cedo eu conseguir ajudar ele melhor ele não fica com NIGUEM para que eu possa trabalhar nem que seja de bico e a situação de que nem conseguimos emprego tá difícil nuca passamos por isso e agora o inss tá demorando marcar a pericia

  79. Boa tarde! Tenho 2 filhos 1 tem autismo leve e o outro sindrome de gordon, atualmente comecei a trabalhar para ajudar nas despesas, porem é muito complicado toda semana saio para levar os meninos nos medicos, o que meu esposo recebe ultrapassa a renda percapita, será que consigo benefício para eles? Vou sair do trabalho pq ñ esta dando para conciliar tudo. E no caso por ser duas crianças consigo dois benefícios ou um só para os dois?

    1. Cada deficiente tem direito a 1 benefício diferente, desde que estejam no perfil do benefício.
      Solicite os benefícios ao INSS, caso seja negado vc pode solicitar em juízo, desde que comprovada a situação de miserabilidade/hipossuficiência.

  80. Carla, boa noite, como vai? Eu moro com minha mãe que tem 77 anos e recebe BPC Loas e meu único filho que é autista e sou divorciada do pai dele e vivemos da pensao alimentícia que antes era de 680 reais mas ele pediu demissão do emprego e está enviando agora 420 reais.
    Fiz pedido do Loas para ele e ainda está em análise no INSS mas tenho uma dúvida, no CAD Único aparece que a renda per capta é de 555 reais para cada pessoa (eu, filho e mãe) eu quero saber se o INSS vai concluir que minha mãe recebe Loas e que ele não pode entrar na composição familiar ou vai se basear pelo cálculo do CRAS? Pq no CRAS me informaram que todos entram pra composicao familiar mas pro INSS não é tb sei que no artigo 34 do estatuto do idoso, consta claramente que o BPC não entra pra composição. Estou esperançosa porem nao consigo confiar no INSS. Aguardo seu retorno e sou grata por tanto apoio e esclarecimentos a todos. Um grande beijo e forte abraço!

  81. Boa tarde! Por favor me tirem uma dúvida! Tenho uma filha de 5 anos diagnosticada com TEA. Onde ela usa fralda, não sabe ler, nem escrever e tem uns comportamentos repetinos. Porém se perguntar meu nome, do pai escola etc ela fala pois foi com ajuda da dono! Ela tem plano de saúde! Eu não tenho condições. Mas por ela ter isso, é capaz do inss negar? Ela tem autismo leve.

  82. Tira uma dúvida ,já faço parte do cadastro único tenho um filho com autismo e somos três aqui tenho uma BB de 3 meses já dei entrada no benefício já está marcado pro dia 30 a avaliação global não trabalho vivemos do bolsa família e de ajuda de parentes será que vai ser aceito alguém conseguiu já?

  83. Eu recebo bolsa família da minha filha(eu,meu filho de 15 anos e minha filha de 3 anos) que agora ela está com autismo, estamos tentando conseguir o laudo dela,apois iremos dar entrada em seus direitos que sabemos que ela terá.Gostaria de saber se eu e meu filho de 15 anos iremos perder o bolsa família?! Pois ao meu entender o Bip/loas será um benefício a ser usado pra ela,em sua necessidades que terá.vcs podem nos ajudar com esta dúvida?! Grata

  84. Boa tarde , muito esclarecedor essas informaçoes muito bom
    Eu to precisando de uma orientação, tenho um filho de 6 anos com suspeita de autismo , mas a 3 anos estar no psicolo fono , e neuro ate agora nao me dizem nada
    A criança tem comportamentos diferentes de outras crianças , Ele ta na escola e a prof. dele viu que ele tem autismo. Tambem foi feito uma biopsia na pele dele,no qual nasceu com bolhas enormes nas 2 perna ,e o resultado foi EB.Epidermolise Bolhosa ,doença rara.Eu quero fazer o pedido do LOAS para ajuda do tratamento,eu eo pai deleestamos desempregados , e recebo bolsa familia,
    Se ficar confirmado que meu filho tem autismo, eu posso pedir denovo um novo pedido do LOAS
    OBRIGADA
    Aguardo retorno

  85. Olá, artigo esclarecedor. Meus filho de 4 anos foi diagnosticado com TEA, minha esposa teve câncer de mama há 1 anos e estar afastada da empresa e estar recebendo benefício do INSS no valor de 1.017,00, E todos nós temos plano de saúde empresarial (estar sendo mantido pela empresa)… em nossa casa somos 5, eu, minha esposa, nosso pequeno com TEA, e os dois filhos mais velhos de 11 e 13 anos. Eu sou MEI, não tenho renda fixa. Será que seria concedido o benefício para o nosso filho com TEA? E ele precisa ter carteira de identidade?
    Desde já agradeço a atenção.

    1. O RG é um documento importante.
      Ele pode ter direito, depende da renda per capta de vocês.
      Se a única renda é de R$ 1017,00 vocês estariam dentro do limite de renda do BPC.

  86. Sou autista leve diagnosticado com síndrome de Asperger, tenho trabalhado desde a minha adolescência, sou advogado ultimamente não tenha conseguido exercer minha profissão devido agravamento das minhas condições psicológicas.
    Fiz o requerimento de auxílio-doença em 2018 por três vezes, duas vezes foi negado pela perícia do INSS alegando que eu não tinha incapacidade para o otrabalho a terceira vez foi constatada incapacidade ,mas negaram falando que não tinha mais a qualidade de segurado entrei judicialmente com o pedido de auxílio-doença mas ainda não tem sentença.
    O que mais me chateou foi que percebi que nas perícias médicas o fato de eu ser advogado foi um motivo para o indeferimento do benefício de auxílio-doença os médicos peritos acharam estranho eu ser autista e ser advogado como ser autista não pudesse ter uma capacidade intelectual e o que atrapalha muito exercer minha profissão são as comorbidades relacionadas autismo depressão e transtorno obsessivo compulsivo.
    Mas minha pergunta doutora é sobre aposentadoria para pessoa com deficiência , eu conseguindo colocar em dia minhas contribuições previdenciárias vou estar com 30 anos e 7 meses de contribuição o que me preocupa com a reforma da Previdência como vai Sera transição já que faltará um pouco mais de dois anos para completar os 33 anos da lei complementar 142 e ainda sobre o cálculo da aposentadoria se vai ser pela nova regra ou pela regra atual?
    Obrigado
    Desculpe pelos erros de ortografia e pontuação Eu digito atualmente por voz facilita muito para mim.

    1. Você pode solicitar a aposentadoria especial para pessoas com deficiências, mas dependerá novamente da perícia para te classificar em um dos 3 graus de deficiência.
      Dependendo do resultado da entrar na regra de transição.
      Eu solicitaria o benefício e caso seja indeferido, é só continuar continuar a contribuir por mais um tempinho.
      Quanto as perícias, infelizmente ainda há esse pensamento de que o autista se é inteligente, tem todas as capacidades das pessoas típicas.

  87. No meu caso . Dei a entrada ano passado . A duas semanas pediram para cumprir exigências. Comprovantes de gastos . Apresentei tudo oque consegui. Uma semana depois mandaram imail que estava finalizado . Me orientaram a entrar na justiça.. eu ainda tenho chance? Na minha casa vive eu meu filho autista .nossa renda é de 300 reais . Recebo ajuda da minha família..

    1. Claro que tem chance.
      Entre com o processo no especial previdenciário.
      Se na sua cidade não houver vara previdenciária, pode procurar o fórum mais próximo.

Deixe um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.